Arquivo para agosto 12th, 2015

O devir e a discórdia em Heráclito

O devir e a discórdia em Heráclito

Heráclito de Éfeso provavelmente era de meia-idade pelos finais do século sexto e sua atividade filosófica principal terminou por volta de 475 a.C. Conforme relata Diógenes Laércio, o pré-socrático mencionou em seus escritos Pitágoras e Hecateu, bem como Xenófanes e, talvez, Parmenides. O livro a ele atribuído chama-se <<Sobre a Natureza>>, com base no seu […]

Continue Lendo

O discurso é um phármakon

O discurso é um phármakon

No Elogio de Helena Górgias principia defendendo que o ordenamento de uma cidade está no valor de seus habitantes, do mesmo modo como a de um corpo está em sua beleza, a de uma alma em sua sabedoria, a de uma ação em sua virtude e a de um discurso em sua verdade; as qualidades contrárias a essas implicam imperfeição. […]

Continue Lendo

Menina-mulher

Há neste coração de menina-mulher doce distopia. Carrega mais ainda na aorta a maré de possibilidades de rever esta no amanhã. Falta-lhe o ventre da mamãe zelosa pra gritar ao alto. Ah…! O mais alto que puder! Aí a menina do hoje já carrega a culpa da mulher que aprendeu a segurar chorinho de música… É […]

Continue Lendo

Pular para a barra de ferramentas