Arquivo para dezembro 7th, 2015

Sophia

Às vezes sei bem o que quero; Uma paisagem distante, Uma lagoa, o campo; o mar, O barulho das conchas tocando tambor. Esses fortuitos, tão incapazes de se eternizar, Fizeram-se em momentos; Só minutos e instantes… Sei bem… Sei bem das tantas coisas que calam a vida, Mas, parece-me, prefiro ir à busca ao resultado. […]

Continue Lendo

Pular para a barra de ferramentas