Arquivo para dezembro 17th, 2015

Capital intangível

. Costumamos ouvir na mídia e nos livros que certo pintor de séculos ou décadas atrás está com obras expostas em um determinado museu, de um lugar x e com um preço que pareça em primeira vista absurdo para nós. Impressionava-me porque em vários casos aquele mesmo pintor havia gratuitamente cedido suas obras quando vivo […]

Continue Lendo

A língua das musas

Tua música é meu resguardo dos medos. Impecável, é a sonância e o timbre da vida. Se eu pudesse ouvi-la entre o espaço e a onda, Cortejaria o tocar no seguir dos teus dedos. Acompanho-os, mas o espetáculo me invade. Não me foi ministrada a língua das musas Nem a valsa do tempo e da intensidade. […]

Continue Lendo

Pular para a barra de ferramentas