Qual a diferença entre Descartes e Spinoza na definição de “substância” ?

decA definição de substância cartesiana diz que é substancial toda a coisa que existe em si mesma sem precisar de qualquer outra para existir. No entanto, essa é sua significação stricto sensu, pois, adiante, o filósofo distingue a substância incriada das substâncias criadas, o que o leva, conforme comenta Spinoza, a ser clara e distintamente rígido em sua definição, mas não em suas consequências; quer dizer, para Descartes a única substância que rigorosamente não precisa de nenhuma outra para existir é a incriada (Deus), as outras, a saber, a pensante e a extensa, dependem de Deus e sua independência substancial se dá considerando apenas o mundo criado – pois nele é evidente que o espírito existe independente do corpo e o corpo independente do espírito.

Em contrapartida, a definição spinozana exige que a rigidez metódica definicional do termo persista em suas consequências; com isso, o sentido forte do vocábulo “substância” é reservado exclusivamente a Deus, interditando assim a sua aplicação ao sentido fraco do termo, pois, caso houvesse mais de uma substância, uma teria que se limitar à outra, tal como confusamente propõe a filosofia cartesiana.

Assim, o que aparece em Descartes como uma e outra substância criada (res cogita e res extensa), se apresenta em Spinoza como modos da incriada (Deus), a única substância que, dada sua definição stricta, necessariamente viria a existir.

Tags: , , , , , , ,

Categoria: Filosofia Moderna, Metafísica e Ontologia

Sobre o(a) Autor(a) ()

Estudante de Filosofia (Universidade Federal de Pernambuco - UFPE), tenho paixão pelo mundo. Busco conhecer a vida em seus mais íntimos aspectos: desde a origem do primeiro ser ao que está se desenvolvendo no imensurável circulo existencial. Prezo pela comunicação afetiva e verdadeira e, através de tais encantos, vivencio a Palavra em seus mais profundos aspectos, isto é, o conhecer e o comunicar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pular para a barra de ferramentas