Arquivo para agosto 28th, 2016

Em copo e em corpo

Agorinha vi um Amarelo irradiando-se pelos cervejaris, Algo entre o Azul e o Preto fintando adeus ao sol, Algo que, porventura, manteve tod’o bar escuro, Onde sequer pude ver o Ser andando acolá. Eis que, numa situação hiper-problemática, Sem sequer saber se meu copo estava meio cheio, Sem sequer saber se meu corpo estava meio […]

Continue Lendo

Pular para a barra de ferramentas