Por que muitos não aceitam a Igreja em sua Ortodoxia?

| 23/10/2016 | 0 Comentários

14925504_1141293125965092_8990043230361624890_nA Fé Ortodoxa é a Fé mais simples. Toda a dificuldade de se entregar a essa Fé reta e justa, está no orgulho. São João Clímaco nos afirma, em seu livro “A Escada”, que o orgulho é gerador de todos os outros pecados. E, justamente pelo fato da Fé Ortodoxa ser simples, os orgulhosos não se entregam a ela, pois se consideram inteligentes e intelectuais, pessoas superiores e nisso, o orgulho, gerador de todos os pecados, as coloca em grande distância de tudo o que seja Ortodoxia.

Quanto mais humilde o homem, mais ele se aproxima da Ortodoxia. Quanto mais simples, mais ortodoxo ele se torna. Se olharmos para os santos ricos e nobres, logo veremos neles a humildade que falta a muitos pobres na carne que, entretanto, se mantêm com alma rica, isto é, orgulhosa. Quando uma pessoa vê que inevitavelmente a Igreja Una, Santa, Católica e Apostólica, é a Igreja de Cristo, a última luta que enfrentará será contra o orgulho, e à medida que o orgulho for sendo banido, mais ortodoxa essa pessoa se tornará.

Todavia, logo alguém dirá: Não é possível para mim banir completamente o orgulho do meu coração! Contudo, antes que um demônio nos tente, fazendo acreditar que estamos em uma luta dentro da qual tombaremos, recordemos das palavras do Verbo Encarnado aos seus discípulos: “Eles se admiravam ainda mais dizendo entre si ‘Quem poderá, pois, salvar-se?’. Jesus, porém, olhando para eles, disse: ‘Para os homens é impossível, mas não para Deus, porque para Deus, todas as coisas são possíveis’.”

Tags: , , ,

Categoria: Cristianismo

Sobre o(a) Autor(a) ()

Cristão Ortodoxo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pular para a barra de ferramentas