Arquivo para novembro 1st, 2016

Economia de palavras

Este tratado de economia econômico será. Trata o tratado de economia; economia de palavras e de tratado. Tratadas com economia palavras e tratado, tratada será com economia a economia do tratado. Duas, portanto, as economias: (a) de palavras e (b) de tratado. Sendo já tantas as palavras; já tanto tratado, trataremos agora da economia. I. […]

Continue Lendo

O peso das estrelas

Fomos os primeiros A medir o peso das estrelas E o ruidoso brilho dos astros. Fomos os primeiros, As primeiras pequenas partes De partes e partes iguais. Fomos os primeiros A nomear ao nosso redor; Nada de magia, nada de surpresas. Só matéria, só abismo Dos primeiros seres realmente Viventes para a morte. Fomos os primeiros; […]

Continue Lendo

Homicídio alimentar e suicídio invisível

Homicídio alimentar e suicídio invisível

Perceber que se tem certos vícios alimentares ainda não considerados indiciosos por quase ninguém, ou ao menos pela massa da população que também os têm, é como encontrar um enferrujado cadeado de laboriosa abertura. Sucede que a intemperança do declínio ético-corporal se torna de difícil cura, pois sua incorreção é muito mais sutil que, i.g., o álcool, o […]

Continue Lendo

Título

Introdução: Introduzindo a Introdução Teor do texto: título e suas problemáticas. Tantas e tais são as problemáticas do título que o título do tratado sobre tais problemáticas remete já para o título de temas tais. Serve o presente, portanto, como introdução ao tema em título. O tema em título é o título do próprio tema. […]

Continue Lendo

Numerologia

A primeira frase é sempre a primeira. A segunda, falando da primeira, diz que a primeira é a que mais custa. À quinta sonha-se com a sexta. O parágrafo, primeiro, confunde; depois termina a semana. Segundo Parágrafo, “parece tautologia”. Tão tola é a lógica quanto o tao tolo que o chino ensina. Torna o parafuso […]

Continue Lendo

Pular para a barra de ferramentas