Arquivo para novembro 2nd, 2016

As Trevas Luminosas e a Apofaticidade da Teologia Ortodoxa

| 02/11/2016 | 0 Comentários

“Ele revela o profundo e o escondido; conhece o que está em trevas, e com ele mora a luz.” (Daniel 2:22) A imagem mais clássica e representativa do caminho da alma para Deus, de forma paradoxal, é a treva luminosa . Autores Ortodoxos desde a antiguidade utilizaram-se deste conceito como ilustração da característica apofática da […]

Continue Lendo

Que são dos homens sem mestres?

Tardei para repousar nos ombros de um sábio, O que levou-me a desgastar e adoecer minh’alma miserável Porque eu não era capaz de ver o Caminho donde partem os bons, E também pela calada dos nossos nupérrimos genitores Que por sofrença e incultura nunca tornar-se-ão pais.

Continue Lendo

Sonata em Mim Menor, Op. 1

<lento> <quase> Frase. Curta. Bruma. Quase. Quase que uma frase. Som. Soa a frase. Soa Quase. <pausa> </pausa> Mais Frase. Menos bruma. Mais quase. Quase que bruma, quase que frase. Soa a frase ou sou a bruma? <pausa> </pausa> Quase que é frase. Não é bruma; nem quase. Frase, bruma, bruma que é frase. Soa […]

Continue Lendo

Pular para a barra de ferramentas